Lincoln – Crítica


Lincoln

Indicado para 12 prêmios no Oscar 2013 (a maior quantidade de indicações do ano), Lincoln é o novo trabalho do grande diretor Steven Spielberg.

No ano passado o presidente já havia sido representado com uma personalidade “diferente” em Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros aos cinemas, mas Lincoln merecia uma figura mais humana, de uma atuação mais forte e de alguém que o trouxesse para sua melhor forma. O escolhido foi Daniel Day-Lewis, a escolha mais do que perfeita para o papel.

A história do 16º presidente se passa nos últimos meses da Guerra Civil americana, quando o então líder da nação, guiado pelo senso comum, decide abolir a escravidão como estratégia para encerrar o sangrento combate que dividia o país e matou mais de 750 mil soldados. O filme mostra toda a manobra empregada por Abraham Lincoln nos bastidores para conseguir a aprovação desta emenda constitucional pela Câmara, inclusive utilizando de métodos pouco éticos, hoje bastante comuns no jogo político. Paralelamente, a vida íntima do presidente, sua relação com a esposa Mary Todd (Sally Field) e os dois filhos – o mais velho interpretado por Joseph Gordon-Levitt – também é mostrada.

Lincoln - Daniel Day-Lewis

O filme pode parecer impecável, com uma reconstrução histórica incrível, fotografia escura dando um ar mais intimista e soturno nas reuniões e debates, o elenco adequado, grande elenco e uma boa trilha. Mas tudo isso em meio de muita política, pode tornar 150 minutos de duração uma experiência consideravelmente exaustiva e interminável.

O começo do longa é bastante cansativo e facilmente pode entediar o expectador, Spielberg, porém, tem uma boa história para contar, e na segunda metade, o filme engata e temos lados mais interessantes do presidente, assim como um desenvolvimento da trama de Thaddeus, congressista liberal que causa polêmica entre os representantes do povo, com uma performance brilhante de Tommy Lee Jones, que se torna uma das figuras mais memoráveis da produção, depois do protagonista.

Lincoln - Tommy Lee Jones

Uma das coisas que mais se destaca no filme são as atuações, além de Tommy Lee Jones, como já falado, Daniel Day-Lewis também dá um show, recriando com maestria a icônica figura, ajudado por uma incrível maquiagem, trazendo o personagem para uma realidade impressionante. Sally Field também está bem, mas talvez uma indicação ao Oscar pode ter sido exagerada.

Porém, o grande número de personagens secundários, pode causar bastante confusão, completam o elenco do filme: Joseph Gordon-Levitt, Hal Holbrook, James Spader, John Hawkes, Tim Blake Nelson, Lee Pace, entre muito outros..

Outro ponto forte de Lincoln, o roteiro (de Tony Kushner, baseado no livro de Doris Kearns Goodwin), que descreve todo tipo de negociação política de maneira articulada. No geral, os fãs de história e política terão muito que aproveitar. Nas duas horas e meia, vemos em detalhes todas as discussões e negociações.

Lincoln é um filme grandioso, mas lhe falta algo para ser considerado um grande filme. Com um ritmo lento demais e que sua duração poderia facilmente ser reduzida, tinha até momentos que torcia para ele arrancar a cabeça de um vampiro. Mas por outro lado Spielberg nos mostra algo a mais de Lincoln, o seu lado humano, que apesar de seus erros, és um grande homem, um bom pai de família e um dos maiores presidentes estadunidenses. O pai da nação.

Nota: 7

Anúncios

Sobre Guilherme Awesome Dude

Fanático por games, filmes séries e pelo Palmeiras, além de um bebedor de cerveja que não recusa um convite para se divertir com os amigos, desde que o líquido esteja gelado.

Publicado em 5 de fevereiro de 2013, em Filmes e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: