Arquivos do Blog

Além da Escuridão – Star Trek (Into Darkness – Star Trek) – Crítica


Além da Escuridão - Star Trek (Into Darkness - Star Trek) - wallpaper

Em 2009, ao assumir a direção do novo reboot de Star Trek, J.J Abrams nos provou que a saga ainda tinha muito que dar, apresentando um filme excelente e provando que é um diretor de qualidade, sendo hoje um dos profissionais mais requisitados em Hollywood.  Em “Além da Escuridão” ele acerta de novo, e com certeza não vai desapontar os fãs.

Leia o resto deste post

Anúncios

Homem de Ferro 3 (Iron Man 3) – Crítica


Homem de Ferro 3 (Iron Man 3) -  Crítica

Em Homem de Ferro (2008), a editora Marvel dava início ao seu ambicioso projeto de seu universo aos cinemas, e depois de todo o sucesso de seus filmes, agora se inicia a fase 2, e Homem de Ferro 3 começa ela com o pé direito.

Leia o resto deste post

Laranja Mecânica (A Clockwork Orange) – Crítica


Laranja Mecânica (A Clockwork Orange) - Wallpaper

Publicado pela primeira vez em 1962, e imortalizado 9 anos depois pelo filme de Stanley Kubrick, Laranja Mecânica está entre os clássicos eternos da ficção e considerado um dos melhores de todos os tempos. Com premissa assustadora e polêmica, o filme consegue fazer jus a sua grandeza.

Leia o resto deste post

Duro de Matar (Die Hard) – Crítica


Duro de Matar (Die Hard) - Wallpaper

Aproveitando a estreia de Duro de Matar – Um Bom Dia para Morrer, irei lembrar um pouco como tudo começou, comentando sobre o primeiro filme de 1988.

Numa época quando os filmes de ação estavam no auge, com o cinema brucutu, repleto de músculos, testosterona e adrenalina, Duro de Matar aparece cheio de explosões e uma ótima história, o que o faz ser considerado (pelo menos pra mim) um dos melhores filmes do gênero de todos os tempos.

Leia o resto deste post

Silent Hill Revelation 3D – Crítica


467FA6FA0AA3890D581778C89D8F

Mais de 6 anos depois, saiu a continuação de uma das melhores obras de adaptação dos video games para os filmes.

Mas será que eles conseguiram de novo, fazer um filme bom como o primeiro?

Leia o resto deste post

Django Livre (Django Unchained) – Crítica


Django Livre (Django Unchained)

Por um tempo, Tarantino teve minha curiosidade. Depois, passou a ter a minha atenção. Em Django Livre mostra mais uma vez que é um dos diretores mais competentes da atualidade.

Desta vez, Quentin Tarantino aborda a escravatura sulista, um tema que é delicado de discussão, em um de seus filmes mais bem humorados, violentos e brilhantes em um western alucinante.

Leia o resto deste post

007 – Operação Skyfall – Crítica


50 anos depois  seu começo, o agente secreto mais famoso do cinema, personagem da mais longa franquia da 7ª arte, James Bond está volta em 007 – Operação Skyfall.

Pela terceira vez na pele do agente 007, Daniel Craig mostra que o personagem lhe cai muito bem, dando uma inovação ao personagem sem perder a classe.

Leia o resto deste post

Cinco Anos de Noivado (The Five-Year Engagement) – Crítica


Com a produção de Judd Apatow, Cinco Anos de Noivado traz Jason Segel e Emily Blunt enfrentando problemas reais em uma comédia-romântica agradável.

Dirigido por Nicholas Stoller, o filme repleto de charme, doçura e veracidade, apresenta a história de um estranho casal que sofre com as conseqüências de um longo noivado e com as mudanças que a vida lhe apresenta.

Leia o resto deste post

O Ditador (The Dictator) – Crítica


Sacha Baron Cohen ficou conhecido pelo seu humor vulgar e corrosivo, e em O Ditador volta mais uma vez no mesmo estilo com a parceria do diretor Larry Charles, o mesmo de Borat e Brüno.

Cohen é Aladeen, um líder destemido e perigoso do país fictício Wadiya, no norte da África, muito excêntrico que manda executar a todos que se opõe a com suas ideias e interesses.  Aladeen sonha em ter uma arma nuclear, mas diz ao mundo que está enriquecendo urânio para “fins pacíficos” – nem o próprio Aladeen contém o riso quando diz isso no filme. É claro que o resto do planeta desaprova suas ambições nucleares e ele é obrigado a fazer uma viagem aos Estados Unidos onde pretende convencer a ONU da “inocência” de suas intenções.

Leia o resto deste post

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises) – Crítica


Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge encerra a visão de Christopher Nolan sobre o personagem da DC. Completando a trama do primeiro e do segundo filmes, dando um fechamento digno a trilogia.

Nolan ressuscitou a franquia com sucesso de crítica e público e, de quebra, obteve êxito naquela que era a principal ambição de Nolan: dar um tom mais sombrio e realista àquele universo, tal qual um filme policial contemporâneo, e enterrar de vez aquela abordagem mais leve e adolescente de seus filmes predecessores.

Leia o resto deste post